Total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de abril de 2014

POR QUÊ IR À PRAIA DISTANTE?

* GASP! GASP! ARGH ! ARGH!

POR QUÊ IR À PRAIA DISTANTE?

Sei que vou mexer em vespeiro, mas é sempre bom mostrar que não existe unanimidade em nada.

Eu não consigo me imaginar, num ultra bem vindo feriadão prolongado, em vez de ficar em casa curtindo, viajar à toa para uma praia.

Digo assim, pois já fiz muito isso, quando mais novinho.



A desculpa é que, como todos sempre iam e diziam ser o máximo, e tal, eu emburacava em ônibus cheios, trens lotados, um calor desgraçado!... um sol do inferno. (Inclusive lá na praia era pior ainda)

Passava o dia sofrendo 70% e me divertindo 30%, no máximo, e de tarde, voltava para casa num trânsito pior ainda, por várias horas, todo queimado, a cabeça doendo pra diabo, e em sincera dúvida se iria querer ir de novo.

Agora, mais maduro, eu vejo que é como uma lavagem cerebral, acreditar como todos, que ir nesse programa de índio é bom.



Um dia me caiu a ficha: "-Oh! Amanhã é feriado! Tá o maior verão 40 graus... Acho que vou me refrescar na praia... relaxar um pouquinho..." (Tudo isso só por ouvir ao redor todos dizendo a mesma coisa)

Wait! Peraí! RELAXAR O CACETE!

Quem disse que eu me refrescaria naquele inferno? Quem disse que valeria a pena pegar um trânsito de 3 ou 4 horas para ficar numa praia lotada, naquela areia quente e tentar?

Dia desses, um amigo meu e sua família, viajou no feriadão e ficaram quase 10 horas no trânsito SÓ NA IDA! NÃO VALE A PENA!

Mas calma! Não estou dizendo que NINGUÉM deve ir à praia, que não vale a pena para ninguém. Só afirmo que não compensa para todos.

Quem mora na praia ou bem próximo, pode valer a pena sim!



O cara acorda no ar condicionado, dá uma corrida saudável na areia, depois mergulha e pega um sol de leve, toma uma cervejinha, depois VOLTA CEDO PARA CASA, lá pras 11 horas, perto do meio-dia, almoça, fica no ar condicionado de novo, tendo toda a tarde livre para um filmezinho, mais cervejinha, dormir, games, namorar, ler, etc...

ISSO FAZ TODA A DIFERENÇA! ISSO SIM É UM PROGRAMA DIVERTIDO!

O infeliz que, como eu MORA LONGE das praias, precisa tirar da cabeça essa idéia ridícula de que vale a pena encher os ônibus, trens e metrôs, na maior suadeira, só para dizer que curte praia.

É ILÓGICO! É FOGO NO RABO! É PROGRAMA DE ÍNDIO! DOIDO É QUEM FAZ!

FICAR EM CASA É 1000 VEZES MELHOR! Eu experimentei os dois! Eu garanto: POVÃO DISTANTE DO LITORAL: NÃO VÁ À PRAIA! NÃO VALE O ESFORÇO...

A menos que seja somente para conhecer, de cinco em cinco anos, talvez...

Lógico que praia é maneira e linda, mas só realmente curte bastante quem mora bem próximo, podendo inclusive evitar os dias tumultuados.

Não vou mais ficar calado: Quando algum vizinho disser na véspera de feriado que tá indo curtir uma praia, vou logo dizer que é um programa tosco... É a realidade, doa a quem doer... Só um amigo pode dizer isso sinceramente.

O QUE NÃO RECOMENDO PARA MIM, NÃO RECOMENDO PARA NINGUÉM